Notícias
Fátima1

Caminhada a Fátima by Clac com amigos alegres e audazes

 

Pela sétima vez o CLAC realizou a caminhada a Fátima com mais de 120 participantes. Saímos do Entroncamento as 7 da manhã e chegamos as 17 horas. Mais de 38 kms quase todos pelo campo de baixo de chuva intensa. Algumas paragens para reagrupar; tempo também para comer e beber. Depois das preces de cada um, regressamos de autocarro.
Fátima2

Mas a história não foi assim tão fácil, nem tão simples. Mas torna-se quando estamos de corpo e alma a fazer o que gostamos.

Esta caminhada a Fátima é sempre muito especial, é um reencontro de amigos, é um objetivo ou mesmo uma promessa. Todos dão o que tem de melhor, para que a caminhada seja uma caminhada de afetos. É esse o propósito do Clac, humanizar independentemente da causa de cada um. Assim agradeço a todos a participação neste evento, que não tendo cariz religioso não deixa de ser abençoado nem que seja pela amizade entre todos. Um especial agradecimento á presença de um Clube irmão na área do pedestrianismo o CASMP.

 

O dia para eles começou as 4 da manhã, e com eles veio a alegria e a cor.

Fátima4
Assim às 7 da manhã na Loja dos Sabores da Aldeia Entroncamento, o CLAC e o CASMP trocaram abraços, lembranças e afetos. A aventura começou pelas ruas da cidade sorrisos, gritos de alegria ou de guerra tanto fazia. Pela frente tínhamos um dia duro que só com muito coração conseguiríamos ultrapassar. Atravessamos campos verdejantes e a terra lamacenta atrapalhava-nos os pés de tanta chuva. Chovia e chovia com um vento tal, que até a água subia pelo rosto. Corpos dormentes de tanta água e vento frio, nada que o calor humano não resistisse.

Fátima3

Momentos de pausa para abastecimentos que sempre marcou o CLAC foram soberbos. O trabalho do Staff nas bancas é fora de série. Um almoço divinal, uma soberana sopa de peixe que nos aqueceu umas febras que nos aconchegou, enfim todos juntos a desfrutar do que na vida há de melhor.

Chegada a Fátima, cada um segue o seu caminho a sua devoção o seu propósito.

Para mim é como trazer a família e os amigos a passear durante um dia, se me dá prazer contribuir para alegria de uma pessoa imaginem quando são tantas. Um bem-haja a quem me põe feliz também.

Agradecimentos:

Aos participantes caminheiros e em especial aos do Casmp que vieram até nós.

Aos guias do Clac que fizeram um trabalho notável em dia de temporal:

João Paulo Pratas.Justino Vaz Serra.Rui Telmo Belo.Fernandes João.Jose Real Banquetes e Ana Cristina Fagulha.

Ao staff dos reabastecimentos que estiveram irrepreensíveis:

João Paulo Martins.Esperto.Mario Pereira e São Serra

Ás lembranças dos porta-Chaves do CLAC:

Justino Vaz Serra.Fernandes João.João Paulo Pratas

Secretariado: São Serra

Ao autor do quadro a carvão que foi como lembrança:

Jose Jorge

A Magnifica sopa de Peixe: Manuela Real. Jose Real Banquetes

Á loja dos Sabores da Aldeia que excecionalmente abriu mais cedo para nós:

Nuno Mendes

A quem nos autorizou a abertura do terreno para estacionamento automóvel.

Ao dono do restaurante do Bairro onde almoçámos.

Como disse um amigo” Chuva não molha coração” nem a alma, numa caminhada abençoada.

E por de trás de mim está uma equipa fantástica, uma equipa do Clac.

Beijos & Abraços 07.05.2016

Fotos …….https://youtu.be/kuMcAMKOiMU

FILME         https://www.youtube.com/watch?v=vhlBdK-xlNg

 

Comments are closed.